A top model Naomi Campbell e o anúncio ‘racista’ de chocolate

Top Model em propaganda de chocolate

MARROM BOMBOM

Barraco clássico, armado para ambas as partes conseguirem destaque na mídia. Tanto é verdade que… olha a gente aqui mordendo a isca e dando publicidade para o babado.

Do blog BananaPost

A GOSTOSA ACUSA O GOSTOSO

A marca de chocolates britânica Cadbury se envolveu em uma controvérsia com a veterana modelo Naomi Campbell depois que ela foi comparada a uma barra de chocolate em um anúncio.

Naomi, que é negra, disse ter ficado “chocada” com o anúncio do chocolate ao leite Bliss, em meio a diamantes, que dizia “Pode sair, Naomi. Há uma nova diva no pedaço”.

Até a mãe da modelo se meteu no enrosco, afirmando ter ficado “profundamente triste” e chamando o anúncio de “racista”.

Inicialmente, a Cadbury defendeu a peça publicitária, afirmando que não tinha nenhuma relação com a cor da pele de Naomi, e sim com a sua fama de diva que dá chiliques.

Mas depois de consultar seu departamento jurídico, a companhia acabou postando um pedido de desculpas em seu site.

COMPORTAMENTO

A Advertising Standards Authority (ASA), agência que regula o setor publicitário no Reino Unido, no entanto, determinou que o anúncio não tem conteúdo racista.

O órgão recebeu quatro queixas e fez uma análise para decidir se era necessário abrir uma investigação para ver se a campanha da Cadbury teria violado o código de ética do setor.

A organização ativista Operation Black Vote (OBV), que fez uma das queixas, afirmou que a campanha era um “insulto” às mulheres negras por compará-las a uma barra de chocolate.

O ASA entendeu, por outro lado, que o anúncio deve ser entendido como uma referência ao conhecido comportamento de “diva” de Naomi e não à sua raça – e por isso declarou que não há base para a abertura de um inquérito.

E vai por aí…

Via Observatório da Imprensa

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

Deixe um comentário interessante neste artigo: