A ‘sex shop’ mais familiar do mundo aonde todos querem parar

Ronnies Sex Shop
APARÊNCIAS ENGANAM E NEM TUDO É O QUE PARECE

Lojas de produtos eróticos, em geral, ficam localizadas em pontos comerciais discretos e ninguém faz a menor questão de ser visto entrando naqueles ambientes. Muito pelo contrário, seja lá por qual motivo for.

Porém, existe a Ronnies – seguramente a sex shop mais famosa do mundo – aonde pessoas de todas as idades, famílias inteiras, inclusive, se juntam sem vergonha e ainda registram a sua presença em fotos.

O estabelecimento se situa numa área rural e isolada de Klein Karoo, às margens da Rota 62, o mais extenso percurso vinícola do planeta, ligando com seus 850 km a Cidade do Cabo a Port Elizabeth, na África do Sul.

A celebridade da casa deveu-se a uma brincadeira atrevida de clientes bêbados e ao raro senso de humor e oportunidade do seu proprietário, conhecedor do velho lema de que “a propaganda é a alma do negócio”.

Ronnies Sex Shop

Frank Ronald ‘Ronnie’ Price montou, inicialmente, um pequeno barracão para a venda de laticínios e produtos agrícolas. Quando deu com os burros n’água, mudou o negócio para barzinho de beira de estrada.

Foi aí que seus amigos motociclistas, como ele, começaram a se reunir para altas beberagens até certa noite em que acrescentaram a palavra “sex” ao lado do seu apelido no letreiro pintado na fachada do boteco.

Para completar o cenário, as meninas do grupo penduraram calcinhas e sutiãs no teto sobre o balcão. Só que o velho curtiu a zoação e passou a dar, nos dias seguintes, descontos nas contas em troca de doações.

Rapidinho a birosca juntou enorme coleção de peças íntimas, datadas e assinadas pelas clientes. Daí para a fama como atração turística foi um pulo. A Ronnie’s Sex Shop pode ser fake, mas é um sucesso e tanto.

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Tabuleta com anúncio de bar

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Ronnies Sex Shop

Point de motoqueiros

Clique nas imagens para ampliar e nos links destacados no texto para ver e saber mais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: