A diferença entre os nomes Aguardente, Cachaça e Pinga

Diferenças dos nomes

Do blog A Cachaça da Happy Hour (em 04/12/2009)

Ao contrário do que muita gente imagina, as três palavras não são sinônimas, embora se refiram à bebida com as mesmas características.

Aguardente é o nome de qualquer bebida obtida a partir da fermentação de vegetais doces. Já a Cachaça é a nomenclatura oficial da aguardente de cana-de-açúcar brasileira. E o apelido Pinga tem sua origem relacionada ao acaso.

O nome cachaça foi introduzido no Brasil, no século 16, época da implantação dos primeiros grandes engenhos de Pernambuco. Mas imagina-se que tenha origem na velha língua ibérica – cachaza – significando vinho de borra, um vinho inferior bebido em Portugal e na Espanha.

Outros garantem vem de “cachaço”, o porco, e seu feminino “cachaça”, a porca. Isso porque a carne dos porcos selvagens, encontrados nas matas do Nordeste – os chamados caititús – era muito dura e a cachaça entrava na receita para amolecê-la e torná-la digerível.

Curiosamente, o caititú é erroneamente chamado de porco-do-mato devido à sua aparente semelhança com os javalis, o que nada tem a ver uma coisa com a outra.

Para o Ministério da Agricultura, a denominação cachaça é típica e exclusiva da aguardente de cana-de-açúcar aqui produzida com graduação alcoólica de 38° a 48° GL, a 20° C. Pela lei brasileira, há até diferenças entre cachaça e aguardente de cana, que pode variar de 38° até 54° na sua graduação alcoólica.

Assim, podemos afirmar que toda cachaça é uma aguardente, mas que nem toda aguardente é cachaça.

Já pinga é o nome vulgar da cachaça. Apesar de ninguém ter certeza da sua origem, a história mais aceita diz que a bebida ganhou o apelido dos escravos encarregados de um dos processos finais da produção, a destilação. Quando ferviam o caldo da cana-de-açúcar nos engenhos, o vapor condensava no teto e pingava sobre eles.

O cartum que ilustra o post é de Stefan Pastorek

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

3 comentários em “A diferença entre os nomes Aguardente, Cachaça e Pinga

  • Pingback: Pintura ‘enferrujada’ serve de seguro contra roubos de carros

  • 21 de janeiro de 2010 em 21:41
    Permalink

    “O nome “cachaça” se popularizou no início do século XIX e, pode ter derivado tanto da palavra cagaço, como de cachaza, vinho feito na Espanha e Portugal a partir da borra da uva. O nome “pinga”, bem mais recente e também dado à bebida, vem do fato que, durante a produção, o vapor do caldo de cana fermentado se condensa e “pinga” dentro dos tonéis. Entretanto, técnica e legalmente, existe diferença entre a cachaça e a pinga. Cachaça é a aguardente destilada a partir da borra ou melaço do açúcar, enquanto a pinga é a aguardente destilada a partir da garapa, do caldo da cana. Popularmente pinga e cachaça são a mesma bebida.”

    fonte: Cachaçarias de Paraty – RJ. Brasil

    Resposta da Nivia: Um link com a matéria completa, Gabriel, é esse abaixo. Muito boa e oportuna a sua indicação para disseminar conhecimento. Valeu!

    http://www.paraty.tur.br/culturasetradicoes/cachacaoupinga.php

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2009 em 12:18
    Permalink

    Eu achava que o nome pinga era só por causas das gotas que ficam escorrendo ou pingando da ponta da serpentina.

    Resposta da Nivia: essa é uma das hipóteses mais aceitas. O assunto rende bem e voltarei depois a ele, combinado?

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: