Samoa altera calendário e passa a ter dois dias de Réveillon

Samoa - último Réveillon do ano

MARKETING DO TEMPO

Do blog ECOnsciência

“Fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo: nem ele me persegue, nem eu fujo dele; um dia a gente se encontra.” (Mário Lago)

Em alguns estados do Brasil, por volta do mês de outubro, é comum adiantarmos o relógio em uma hora por causa do horário de verão. O objetivo alegado pelo governo é que a população aproveite melhor a luz do sol e economize energia.

Pois Samoa, um pequeno país localizado no Oceano Pacífico, resolveu radicalizar a idéia de “alterar” o tempo e vai pular um dia inteiro no calendário. Oficialmente, os samoanos não terão a próxima sexta-feira (30/12), pulando diretamente para o sábado (31), véspera do Ano Novo.

Nesse caso, o argumento utilizado pelo governo local não é economia de energia, mas também é econômico. Com a mudança, Samoa pretende “entrar” no mesmo dia que Austrália e Nova Zelândia, facilitando negócios com seus principais parceiros comerciais.

Isso acontece porque até hoje Samoa é o último país antes da Linha Internacional da Data, linha imaginária que fica no meio do Pacífico e determina quando um dia termina e o outro começa. Com isso, o país deixará de ser o último a celebrar a chegada do ano novo para se tornar um dos primeiros.

Quando um dia começa e outro termina

A mudança, contudo, desagradou o setor de turismo da ilha, já que Samoa era conhecido como o último país do mundo a ver o por do Sol. Eles reclamam que ser o primeiro país a chegar em 2012 não tem o mesmo romantismo de ser o último, além do fato de todos os panfletos terem de ser refeitos.

“Durante anos temos negociado bem com a Austrália e a Nova Zelândia, apesar da diferença de tempo”, reclamou Valentina Tufuga ao jornal Samoa Observer. “Eu acho que vai ser apenas uma grande perda para o setor do turismo”.

Mas alguns empresários do setor encontraram uma solução criativa para contornar a mudança e passaram a vender a ideia de um “réveillon de 48 horas”, já que a vizinha Samoa Americana continuará do lado de lá da Linha da Data.

Quem estiver nesse longínquo ponto do Oceano Pacífico poderá passar de 2011 para 2012 cruzando apenas alguns quilômetros.

No Opera Mundi

Deixe um comentário simpático neste artigo: